Conceito de chanceler

A noção de chanceler refere-se a uma autoridade que, de acordo com o país, cumpre diferentes funções. Um chanceler pode ser o presidente do país, o ministro das Relações Exteriores, o chefe de um estabelecimento educacional e o secretário de uma diocese.

Em um nível geral, portanto, pode-se dizer que um chanceler é um funcionário que ocupa uma posição muito importante. Em alguns sistemas parlamentares, o chanceler é o chefe do governo.

No caso da Alemanha, por exemplo, o chanceler é nomeado pelo presidente a partir de uma votação que ocorre no Parlamento Federal – o “Bundestag”. O chanceler alemão tem um mandato de quatro anos, embora possa ser reeleito sem limitações.

Em muitos países da América Latina, o ministro das Relações Exteriores recebe o nome de chanceler. Este é o funcionário encarregado da diplomacia do Estado e da gestão dos laços com o resto das nações. Tal como acontece com os outros ministros e com os secretários de um governo, eles são escolhidos pelo presidente.

A ideia de chanceler também aparece no campo da educação. As universidades católicas têm um grão-chanceler, que é a autoridade mais importante do estabelecimento ao nível eclesiástico e formal. O responsável acadêmico, no entanto, é o reitor.

Continuando com o catolicismo, um chanceler pode ser um diácono ou um padre cuja função é arquivar os registros de uma diocese. Também cumpre o papel de notário, tendo o poder de certificar documentos e executar várias tarefas administrativas.

Matéria completa na fonte :: https://conceito.de/chanceler

      

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *