Conceito de campo magnético

No campo da física, chama-se campo à região espacial em cujos pontos se define uma magnitude. O adjetivo magnético, por sua vez, refere-se ao que está ligado ao magnetismo: a propriedade possuída pelas correntes de eletricidade e ímãs para gerar rejeições e atrações mútuas e outras ações à distância.

A partir dessas definições podemos avançar com o conceito de campo magnético. Esta ideia faz alusão ao sector do espaço sobre o qual incide um elemento magnético. Também se chama campo magnético à magnitude expressada em amperes/metros que reflete a intensidade de uma força magnética.

Um ponto de um campo magnético pode ser especificado a partir da magnitude e da direção de uma carga. Por isso, trata-se de um campo vetorial: os pontos do espaço euclidiano estão associados a um vector.

Os campos magnéticos podem ser explicados pela força de Lorentz, que é a força exercida pelo campo ao receber uma corrente de eletricidade ou uma partícula com carga. A carga elétrica de valor X move-se pelo espaço a uma certa velocidade e experimenta o resultado de uma força que é secante e que é proporcional ao campo e à velocidade.

O campo magnético pode ser gerado por uma corrente de deslocamento. Neste caso, o campo varia ao longo do tempo. Ele também pode ser causado por uma corrente elétrica de condução que, a ser constante, cria um campo magnético que se mantém estático.

Matéria completa na fonte :: https://conceito.de/campo-magnetico

      

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *