Um terço das grávidas seguem presas após audiência de custódia

Apesar de avanços legislativos assegurarem direitos mínimos às mães em privação de liberdade e a seus filhos, pesquisa elaborada pelo Conselho Nacional de Justiça em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) revela violações aos direitos dessas pessoas.
Os dados d…

Matéria completa na fonte :: https://www.conjur.com.br/2022-mai-03/terco-gravidas-seguem-presas-audiencia-custodia

      

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.