TJ-MG contraria STJ e fixa honorários por equidade em causa grande

Para se adotar um precedente vinculante, é necessário que ele tenha sido aprovado pela maioria absoluta do órgão competente. Esta foi a tese usada pela 20ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais ao recusar a aplicação de entendimento do Superior Tribunal de Justiça e fixar honorários…

Matéria completa na fonte :: https://www.conjur.com.br/2022-mai-10/tj-mg-contraria-stj-fixa-honorarios-equidade-causa-alto-valor

      

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.