Santos e Quintiliano: Indulto espontâneo foi revogado em 1946

O decreto de concessão de graça (ou indulto individual) ao deputado federal Daniel Lucio da Silveira expedido pelo presidente Jair Bolsonaro e publicado no dia 21 de abril de 2022 gerou muito debate acerca de sua moralidade, legalidade e constitucionalidade.
Parte da Assembleia Constituinte …

Matéria completa na fonte :: https://www.conjur.com.br/2022-mai-04/santos-quintiliano-indulto-espontaneo-foi-revogado-1946

      

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.