Réu alega que só cometeu falsidade ideológica por ordens da mãe

Por ser contrária ao relacionamento de seu filho com uma mulher, uma mãe obrigou-o a abandonar seu nome de batismo. Para isso, ela providencia uma certidão de batismo falsa, permitindo que ele conseguisse novos documentos e levasse sua vida adiante.
Ao menos foi assim que contou um homem conde…

Matéria completa na fonte :: https://www.conjur.com.br/2018-jan-14/reu-alega-cometeu-falsidade-ideologica-ordens-mae

      

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *