Portugueses negoceiam mais desde a crise

Os portugueses negoceiam mais do que há cinco anos. E prestam mais atenção aos preços. Mas não são quem mais corre atrás dos saldos. Conclusões de um estudo do Observador Cetelem.

Source:: Direito Comunitário

      

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *