Plano é condenado por erro médico que matou grávida e bebê

O plano de saúde responde solidariamente pelos danos causados pela má prestação dos serviços por profissionais conveniados. Esse foi o entendimento aplicado pelo juiz Armando Pereira da Silva Junior, da 4ª Vara Cível de Diadema (SP), ao condenar um plano de saúde a indenizar a família de uma gráv…

Matéria completa na fonte :: https://www.conjur.com.br/2018-jan-13/plano-condenado-erro-medico-matou-gravida-bebe

      

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *