Mercosul suspende Venezuela e aumenta a pressão sobre Nicolás Maduro

Argentina, Brasil, Uruguai e Paraguai deram por encerrado em 1 de dezembro o prazo dado a Caracas para se adequar às normas comerciais do bloco. Caracas denunciou um “golpe de Estado”

Source:: Direito Mercosul

      

Postado em:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *