Concurso TRT-ES 2019 é autorizado



O Tribunal Regional do Trabalho da 17ª Região (TRT-17), estado do Espírito Santo, já tem comissão formada para a realização de concurso público em 2019. O último certame do órgão aconteceu em 2013.

O Tribunal Regional do Trabalho da 17ª Região, no estado do Espírito Santo, se prepara para a realização de novo concurso público para servidores neste ano. O certame já tem comissão formada para coordenar as etapas da seleção. O concurso foi autorizado pelo pleno do Tribunal ainda no início de 2018, segundo publicação do próprio TRT/ES em uma rede social.





Concurso TRT ES 2018: Comissão concentra-se na elaboração do Projeto Básico do concurso, que deve sair em 2019. A comissão já vem trabalhando na produção do projeto básico, definindo cargos e vagas, e, posteriormente, acolherá as propostas das bancas organizadoras. A expectativa é da abertura de vagas efetivas e formação de cadastro reserva em funções de níveis médio e superior, para atuação como Técnico Judiciário e Analista Judiciário em diversas especialidades.

Conquiste sua estabilidade! Conheça aqui!

A remuneração dos Técnicos Judiciários é de R$ 7.592,53, enquanto que os Analistas recebem R$ 11.890,82. Além disso, os servidores do tribunal têm benefícios como auxílio alimentação de R$ 884,00; auxílio-transporte, assistência pré-escolar no valor de R$699,00 e assistência médica/ odontológica.

Segundo o portal da transparência, o órgão tem 21 cargos vagos, sendo 11 na carreira de Técnico – Área Administrativa.e 4 para Oficial de Justiça Avaliador. Mais detalhes da seleção sairão em breve.

Último concurso

O último concurso do TRT da 17ª Região aconteceu em 2013, na ocasião para 23 vagas e cadastro reserva em cargos de nível médio (Técnico Judiciário) e superior (Analista Judiciário) no seu quadro permanente de pessoal. A banca responsável pelo certame foi o Cespe/Cebraspe, que registrou 22.802 candidatos interessados.

Para profissionais de nível superior (Analista) haviam vagas nas especialidades Administrativa (Cr); Contabilidade (Cr); Arquivologia (Cr); Biblioteconomia (Cr); Engenharia Civil (Cr); Engenharia Elétrica (Cr); Estatística (Cr); Medicina (1); Psicologia (Cr); Tecnologia da Informação (19); Judiciária (Cr) e Oficial de Justiça Avaliador Federal (Cr).

Ganhe tempo e conquiste aquele cargo que deseja! Conheça aqui!

Já os candidatos de nível médio puderam concorrer ao cargo de Técnico Judiciário nas áreas Administrativa (3) e Tecnologia da Informação (Cr). O salário na época era de R$ 4.635,03 para cargo de Técnico Judiciário; e de R$ 7.566,42 para os cargos de Analista Judiciário, exceto função de Oficial de Justiça Avaliador Federal, que tinha remuneração de R$ 9.188,20.

As provas foram realizadas na capital do estado, Vitória-ES, envolvendo etapas objetiva, para todas as funções, e discursiva, apenas para Analista Judiciário. A prova tinha 120 questões de Conhecimentos Básicos (50) e Conhecimentos Específicos (70) do tipo certo e errado, com atribuição de um ponto por acerto, um ponto negativo por erro e zero pontos em caso de marcação dupla ou ausência. Já a redação foi composta de texto dissertativo de até 30 linhas, valendo 20 pontos.

Dados de junho de 2017 informam que o último concurso convocou 96 aprovados.

Fonte: acheconcursos.com.br (https://www.acheconcursos.com.br/noticia/concurso-trt-es-2019-comissao-elabora-projeto-basico-5970)

Matéria completa na fonte :: https://www.concurseirosligadosnotrt.com/2019/03/concurso-trt-es-2019.html

      

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *