Conceito de ardor

ardor

Ardor pode descrever um calor intenso, como também pode ser usado para definir a qualidade do que é ardido. O termo provém do latim, “ardere“, que significa “labareda” ou “chama”.

O termo ardor remete ao calor excessivo ou a ardência relativa ao paladar

No primeiro caso, podemos falar que se numa cidade é verão e a temperatura está muito alta, então isso pode provocar um ardor em quem não esteja acostumado com temperaturas elevadas. O calor pode provocar ardência na pele dessa pessoa.

Enquanto que no outro caso falamos em ardor quando há uma comida muito apimentada. Esse ardor é sentido na língua e, se em excesso, pode deixar um alimento de difícil consumo. A ardência pode ser tamanha que a pessoa chegaria a ficar com lágrimas nos olhos e mesmo coriza. Vide os casos de consumo de pimentas como a Carolina Reaper, tida como a mais ardida que existe.

Nas pimentas, é a substância chamada de capsaicina a responsável por causar a sensação de ardência. E essa substância é especialmente encontrada nas pimentas vermelhas e também no gengibre, mas nesse ela está presente em menores quantidades. A quantidade dessa substância, por tanto, é o que ditará o nível de ardência que terá um alimento.

O mentol é outra substância que provoca ardor. E ele possui muitas propriedades benéficas, tais como promover a resfrescância, atuar como analgésicos e também ajudar a barrar a ação de opioides, mesmo que com baixo efeito. As balas de mentam são exemplos daqueles que contam com a presença do mentol.

Síndrome de ardor bucal

Síndrome de ardência bucal ou síndrome de ardor bucal é um problema que acomete a área da boca, em especial a língua. Essa condição gera dor, sensação de queimação, formigamento e também deixa a boca seca.

Há distintas causas para esse problema, contudo os sintomas apresentados costumam ser os mesmos para todos esses casos. No geral, o que alivia os sintomas dessa condição é manter a boca bem hidratada.

Para os especialistas, essa síndrome pode ter relação com alguma anomalia que ainda é desconhecida e que afeta os nervos responsáveis pelo controle do paladar e da dor.

É comum que essa sensação de ardor aconteça mesmo quando a pessoa não consuma nenhum alimento ou bebida ou que qualquer coisa que consuma pareça que está bem apimentada.

O especialista pode prescrever distintos tratamentos para conter a ardência bucal, a depender das condições e necessidades do paciente. Alguns exemplos de tratamentos e recomendações são: consumir bastante água, uso de goma de mascar sem açúcar, antidepressivos, suplementos específicos, etc.

Ardor/ queimação na pene

Também, muitas doenças causam a sensação de queimação na pele, tais como doenças na coluna vertebral, herpes, algum trauma, entre outras. Essas condições podem fazer com que o indivíduo sinta que a pele está ardendo, seja numa região específica ou numa área maior.

Dentre os problemas na coluna vertebral que podem gerar ardência na pele há: escoliose, lombalgia, hérnia de disco lombar, espondilolistese, entre outras.

O ardor pode também acometer outros locais do corpo, tais como os olhos, gerando vermelhidão e coceira, sendo que essa condição pode ser causada por diferentes doenças, tais como: conjuntivite, síndrome do olho seco, alergias, miopia, problemas de vitamina A, rinite alérgica, etc.

Pode haver ainda a ardência vaginal, que é uma condição geralmente causada por bactérias e fungos que geram uma infecção. Também, entre as causas pode haver a coceira na região íntima ou o baixo consumo de água, que pode fazer com que haja ardência ao urinar.

A ardência vaginal é um problema que pode acontecer devido a reações a roupas íntimas, cosméticos, algum produto de higiene, entre outros. Mas infecções como a vaginose ou a gonorreia podem também se encontrar entre as causas dessa sensação de ardor na região da vagina, sendo que nesses casos a ardência ainda provoca outras reações como corrimento e odor.

Outras das orientações também é que o paciente consuma alimentos ricos em vitamina C, pois eles ajudam a fortalecer a imunidade e a tornar a urina mais ácida, o que previne o surgimento e desenvolvimento de bactérias. É ideal que a urina mantenha níveis equilibrados em seu pH para isso.

Ardor (figurativo)

conceito de ardor
Fala-se de ardor também referente a ânimo, intensidade, calor ou fogo

O termo ardor é usado também no sentido figurativo, descrevendo entusiasmo ou ânimo para alguma coisa. Mas é comum que nesse caso se utilize a palavra arde, por exemplo:

– “Arde em mim o desejo de ajudar pessoas em situação de rua”;

– “Meu coração arde de alegria quando vejo as pessoas darem a volta por cima dos problemas e mudarem de vida”.

– “Ela ardia de paixão pelo seu amigo, mas por anos escondia esse sentimento e o conseguiu superar”. Nesse caso, o termo descreve algo que se está queimando (outra expressão também no figurativo), que acontece com intensidade no sentimento.

Mas esse termo ainda pode ser usado como sinônimo de intensidade ou calo, por exemplo: “no ardor da paixão, deu-lhe um beijo e perdoou tudo ali mesmo”, poderia ser também “no calor da paixão, deu-lhe um beijo e perdoou tudo ali mesmo”.

Matéria completa na fonte :: https://conceito.de/ardor

      

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.