Chamar cunhado de ‘ladrão’ após venda de túmulo não gera indenização

Chamar cunhado de “ladrão”, “safado” e “caloteiro” após ele ter vendido túmulo da irmã sem autorização da família não é reação desproporcional e capaz de ofender a honra. Com esse entendimento, a 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro negou pedido de indenização de um homem cont…

Matéria completa na fonte :: https://www.conjur.com.br/2022-abr-26/chamar-cunhado-ladrao-venda-tumulo-nao-gera-indenizacao

      

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.