Bancos malvados e governo bonzinho. Ou lobo em pele de cordeiro?

No Brasil, temos por hábito nutrir certa repulsa à atividade bancária. Por outro lado, também cultivamos certa benevolência com a atividade governamental ou estatal.

Estamos acostumados a pensar que os bancos são instituições compostas por pessoas gananciosas, que se mantêm às custas do sacrifício da população, vitimada pela cobrança de juros abusivos, ao mesmo tempo que pensamos que o Estado representa bondoso órgão necessário à proteção popular contra a espoliação do vilão conhecido como “capital financeiro”.

Mas será que esse julgamento que fazemos, classificando bancos e governos entre “bons” e “maus”, “mocinhos” e “bandidos”, realmente é verdadeiro? Ou será que estamos simplificando demais as coisas? Estaríamos a não enxergar, na verdade, um lobo em pele de cordeiro? Essas e outras questões são respondidas com vários dados numéricos neste interessante artigo do Prof. Alexandre Demetrius Pereira, para o blog direito empresarial.


Leia mais

OS TEXTOS DO BLOG DIREITO EMPRESARIAL TÊM SEUS DIREITOS AUTORAIS REGISTRADOS. É PROIBIDA QUALQUER REPRODUÇÃO SEM PERMISSÃO DOS AUTORES. A VIOLAÇÃO DESTA REGRA SUJEITA O INFRATOR ÀS PENAS DO ART. 184 DO CÓDIGO PENAL.

Source:: Direito Valor Imobiliário

      

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *