Aérea indenizará passageiro recém-operado impedido de embarcar

Impedir que um passageiro que acabou de passar por cirurgia embarque em um voo gera abalo psíquico e danos morais. Com esse entendimento, a juíza Roberta Ponte Marques Maia, titular da 38ª Vara Cível de Fortaleza, condenou uma companhia aérea a pagar R$ 5 mil de danos morais a um cliente recém-op…

Matéria completa na fonte :: https://www.conjur.com.br/2018-jan-12/aerea-indenizara-passageiro-recem-operado-impedido-embarcar

      

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *