Advogado que orienta cliente a não delatar não comete crime, diz juiz

Advogado que orienta cliente a não firmar acordo de colaboração premiada não comete crime de obstrução à Justiça. Isso porque se trata de orientação relacionada às atividades da advocacia e compatível com o direito à não autoincriminação.
1ª Vara Criminal de Campo Grande discute o direito de…

Matéria completa na fonte :: https://www.conjur.com.br/2022-abr-27/advogado-orienta-cliente-nao-delatar-nao-comete-crime-juiz

      

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.